Por favor ative o JavaScript

Blog

A importância do Compliance na gestão de empresas

A importância do Compliance na gestão de empresas

fevereiro 26, 2019

Por Paola Penido, Coordenadora de Compliance da Link Certificação Digital

A palavra Compliance tem se tornado cada vez mais popular no mundo corporativo. Começou a ser utilizada no Brasil depois dos escândalos da Lava Jato, em 2014. Desde então, vem tomando força, principalmente nas grandes empresas.

Mas isso não quer dizer que somente as multinacionais podem estar em Compliance. Muito pelo contrário. Todos os empreendimentos, independentemente do seu tamanho ou segmento, deveriam praticar e entender sobre o tema e suas diretrizes.

Estar em Compliance significa não somente estar em conformidade com as normas e regras do negócio. Também é a agir com ética, comprometimento e transparência. É seguir os procedimentos legais, de acordo com as legislações vigentes e portar-se conforme as políticas internas e a cultura organizacional.

Com a implantação da cultura de Compliance, é possível minimizar e evitar fraudes, multas, conflitos de interesses e danos à imagem e à reputação da organização. Tais fatores agregam valor tanto para o público interno quanto para o público externo.

O ponto inicial é garantir o apoio dos gestores (alta administração). Eles sempre serão os modelos a serem seguidos. Se a gestão não anda conforme as regras, não espere que nenhum colaborador às siga também.

É importante ter as normas claras, por escrito e de fácil acesso aos funcionários. Dessa forma, todos ficam cientes de como devem se portar. De início, a empresa deve possuir sua visão, missão e valores bem definidos. Além disso, um código de ética e conduta ajuda no processo.

A Gestão de Riscos é uma forte aliada do programa de Compliance. É lidar com as incertezas do negócio, enxergando os principais desafios e buscando ações de prevenção. Ela deve ser constantemente atualizada, visto que os riscos podem sofrer modificações.

Planejamento e controle dos processos são fundamentais para o bom gerenciamento da empresa. Portanto, investir em ações relacionadas a eles trás grandes vantagens ao negócio.

Principais vantagens na implantação da cultura de Compliance:

  • Melhora na imagem e reputação da empresa: Clientes conscientes tendem a buscar por organizações que sejam éticas e transparentes. Isso aumenta sua credibilidade no mercado;
  • Melhora na captação de clientes: A imagem corporativa positiva facilita a captação de leads, aumentando a probabilidade de obtenção de novos parceiros/clientes e, consequentemente, sua participação no mercado;
  • Diminuição de riscos financeiros e jurídicos: Com a gestão de riscos bem aplicada aliada ao planejamento e controle, tem-se uma gestão mais segura e assertiva;
  • Melhora na satisfação do público interno e sua produtividade: Trabalhar em uma empresa correta, que cumpre com as normas e os direitos trabalhistas é crucial para o colaborador. Assim, a organização gera maior engajamento e produtividade.

A crescente busca pela adoção de padrões éticos tem impulsionado as organizações na criação de programas preventivos e de monitoramento constante. Dessa forma, o Compliance torna-se essencial para o sucesso do negócio, pois visa o crescimento da empresa de forma sólida, acompanhando os objetivos estratégicos e respeitando as normas e leis.

Posts relacionados

abc