Blog

Últimas Postagens

#Certificação Digital

O que é biometria? Conheça mais!

Sua face, olhos, mãos, localização ou até mesmo a voz, dizem mais sobre você do que pensa. Com toda certeza, os roteiros de ficção científica das grandes produções cinematográficas, como “Missão Impossível” ou o “Caçador de Andróides”, já foram motivos de aspirações quanto ao futuro da tecnologia, contudo, no que diz respeito à biometria.  Imagina conseguir validar a sua identidade em ambiente digital apenas com características comportamentais ou físicas? A evolução dos meios científicos tornou essa uma realidade, que é imprescindível para a rotina de milhares pessoas no mundo. Nesse artigo, vamos falar sobre a biometria, como ela é feita e quais são os tipos. Então, fique por aqui para saber mais sobre como esse mecanismo  proporcionou praticidade, comodidade e eficácia para a população.

No que consiste a biometria?

Todos os indivíduos possuem um conjunto de características sensíveis e de conduta considerados únicos. Esse grupo de traços particulares, por serem exclusivos, conferem a biometria total seguridade das informações. Uma vez, que é impossível que outra pessoa reproduza as mesmas características. Ou seja, um falsário nunca conseguirá usar a base de dados de outra pessoa para efetuar qualquer que seja a transação ou serviço.

Quais são os tipos de biometria?

  • Reconhecimento facial

Nesse tipo de coleta de dados, é feita a leitura facial dos traços de um indivíduo. Sabe quando você, por exemplo vai abrir uma conta por meio de um aparelho celular, e dentro desse processo é necessário que seja efetuada uma selfie? Esse apontamento serve para que seja mapeado o padrão do seu rosto. Isso é possível porque o dispositivo usado para registrar a foto junto à um software, analisa toda a extensão do seu rosto mediante aos algoritmos que fornecem, são eles: Geométricos e Logarítmicos.

 

o que é biometria

 

A distância entre os olhos, tamanho do crânio, olhos ou boca, são alguns dos pontos avaliados. Depois que são armazenados em um banco de dados, toda vez que você aproximar o seu rosto de um sensor, serão realizadas operações para calcular as informações fornecidas anteriormente comparadas com as atuais, sendo assim, feito o reconhecimento facial.

  • Impressão Digital

Aqui, por meio de sensor é feita a coleta das impressões digitais dos dedos.  Desse modo, são feitas as analises comparativas com um banco de dados pré-existente, e se não apresentar inconsistência, você estará apto a validar todos os documentos e  procedimentos que necessite da impressão digital.

  • Geometria da Mão

Tamanho, estrutura e posição da mão são as métricas utilizadas para essa modalidade biométrica.

  • Reconhecimento da voz

Já que falamos tanto sobre a segurança da biometria, precisamos ressaltar que a sonoridade não é um dos fatores de validações mais confiáveis, uma vez que a alteração de agudo e gravidade da voz são comuns. Uma simples inflamação na garganta pode conferir oscilações que inviabilizam a sua eficácia. Por isso, em comparação com os outros, esse software é pouco usado no Brasil.

  • Identificação pela Íris

Alguns smartphones possuem presentes em suas câmeras uma iluminação infravermelha. Por meio dela, é possível registrar os aspectos da íris dos olhos, assim, identificando o indivíduo.

 o que é biometria

  • Veias

Essa modalidade lê os padrões de volume das veias aparentes do corpo.

Futuro presente

Há muito tempo a biometria deixou de ser projetada somente em filmes. Estamos em 2020 e ainda não temos carros voadores sendo utilizados em massa, e também não há robôs extremamente inteligentes fazendo todas as tarefas das pessoas por aí. Entretanto, o avanço até aqui inova práticas simples do dia-a-dia, que há muito tempo atrás, eram impensadas sobre o poder científico. Sabemos da importância dos estudos que ampliam o uso de ferramentas, processos e materiais criados a partir das pesquisas. Por isso, acompanhar esse ganho sendo atrelado a praticidade, comodidade, bem-estar e eficiência das atividades humanas é entender que estamos no caminho do multifuncional. O que a humanidade conquista com isso? Tempo, artigo de luxo do século XXI.

Gostou da matéria? Conteúdos assim você também encontra em nossas mídias sociais, que estão recheadas de dicas do universo digital e muitos mais. Quer fazer parte da comunidade Link e dar sugestões de temas de interesses para a nossa rede de relações? Clique aqui. 

Compartilhe
Open chat
Powered by