Por favor ative o JavaScript

Blog

Saldo da balança comercial de Minas tem alta de 7,45%

Saldo da balança comercial de Minas tem alta de 7,45%

julho 10, 2019

O saldo da balança comercial de Minas fechou o primeiro semestre do ano com superávit de US$ 7,93 bilhões, registrando alta de 7,45% no comparativo com igual período de 2018, quando o resultado foi de US$ 7,38 bilhões.

De Janeiro a Junho de 2019, as exportações somaram US$ 12,15 bilhões, alta de 4,3% frente a iguais meses do período anterior, quando o total foi de US$ 11,65 bilhões. Já as importações caíram 1,3%, passando de US$ 4,28 bilhões nos primeiros seis meses de 2018 para US$ 4,22 bilhões de Janeiro a Junho deste ano.

O balanço divulgado pelo Ministério da Economia mostra alta dos embarques de minério de ferro e café e, por outro lado, queda das exportações de veículos de passageiros.

No semestre, as exportações do minério de ferro avançaram 12,7% em relação ao mesmo período do ano anterior, atingindo US$ 3,87 bilhões. Nos primeiros seis meses de 2018, o valor tinha sido de US$ 3,43 bilhões.

A alta foi garantida pelo incremento no preço do minério, já que em termos de toneladas, houve queda de 2,7%: no primeiro semestre deste ano foram 63 milhões de toneladas, enquanto em igual período do ano passado, 64,8 milhões de toneladas. No acumulado de 2019, o produto respondeu por 32% das exportações do Estado.

O incremento das exportações do café foi de 28%, atingindo US$ 1,76 bilhão no semestre, enquanto em igual período de 2018 o valor foi de US$ 1,37 bilhão. Foram embarcadas 813 mil toneladas este ano, com alta de 55% frente a igual período anterior (523 mil toneladas). O grão respondeu por 14% desse tipo de operação, no período, em Minas.

Com participação de 4,5% das exportações no semestre, o comércio de automóveis de passageiros registrou queda de 55,2%, com o valor chegando a US$ 102,45 milhões, sendo que no mesmo período de 2018 o total tinha sido de US$ 228,46 milhões. No caso de veículos de carga, a retração foi de 40,4 %, com os valores chegando a US$ 99,81 milhões, contra US$ 167,47 milhões no primeiro semestre de 2018.

Importações – Em relação às importações, a hulha vem em primeiro lugar, com US$ 399,19 milhões, o que indica alta de 8,2% frente ao primeiro semestre de 2018. As importações dos automóveis de passageiros caíram 54,8%, somando US$ 160,86 milhões. Já tais operações com veículos de cargas subiram 55,7%, somando US$ 159,32 bilhões.

No País, o saldo da balança comercial diminuiu no primeiro semestre, em relação ao mesmo período do ano passado. O superávit ficou em US$ 27,13 bilhões, 8,9% inferior ao do mesmo intervalo do ano passado.

Mensal – Em junho deste ano frente a igual mês do ano passado, a balança comercial em Minas fechou com saldo positivo de US$ 1,39 bilhão, implicando aumento de 8,5% na relação a igual mês de 2018, quando o resultado ficou positivo em US$ 1,28 bilhão.

As exportações em junho, no Estado, somaram US$ 2,05 bilhões, com ligeira alta de 1,5% frente a igual mês de 2018 (US$ 2,02 bilhões). Já as importações em junho chegaram a US$ 660,2 milhões, mostrando queda de 11,5% na comparação com igual período de 2018, quando tais operações atingiram US$ 746,7 milhões.

Minas ocupa o terceiro lugar nacional em exportações, respondendo por cerca de 11,1% desse tipo de operação no País. Já quanto às importações, o Estado ocupa o sétimo lugar, com 5% das operações.

Fonte: Diário do Comércio

Fonte da Imagem: Freepik

Posts relacionados

abc